23.1.13

Poesia Visual de Tchello d' Barros


poesia visual
exposição Poesia Visual no Castelinho





Exposição de Poesia Visual de Tchello d' Barros no Castelinho do Alto da Bronze

O Castelinho abriu suas portas para apresentar a mostra de poesia visual de Tchello D'Barros. Tchello dispensa apresentações. Sua trajetória poética e artística já tem uma longa relação em fortuna crítica. Então, falar sobre a poesia visual de Tchello quando Hugo Pontes já falou e disse? Prefiro ilustrar o que se sente diante da obra visual de Tchello D' Barros, rebuscando reminiscências da infãncia:

O primeiro livro que leram para mim foi "O menino do dedo verde", do francês Maurice Druon. A história, como todos sabem, é sobre um menino que tinha o dom de transformar todo lugar que tocava em imensos jardins. Tchello é daquelas pessoas que têm dedo mágico. Vai colorindo os espaços, seja das artes plásticas ou da literatura. Sem limites. Entre o texto e a imagem. Desfaz a linha ao refazer o contexto.

As escolas podem, como sempre, agendar horário especial para suas turmas. O Castelo está encantado com a poesia do Tchello.




exposição poesia visual
Soneto alado - Tchello d'Barros




exposição poesia visual
André Aguiar visitando a exposição





0 comentários:

Postar um comentário