11.1.13

Alexandre Brito


Alexandre Brito


A Poesia de Alexandre Brito


as idéias estão sob o chapéu
dentro
um céu sem anjos
uma profundeza e meia
aquele olhar íngreme sobre as coisas
mais a matéria com que se experimenta
uma arte, uma excelência
uma solidão



com aba não muito larga
e uma velhice convenientemente abstrata
um chapéu assim
vai aonde deve ir
faz o que tem de ser feito
transborda a banheira de glândulas e
inventa o homem
esse esquivo animal sem asas



não fosse
o velocípede
o boné, o alicate
os eclipses, arquipélagos
explosões solares
os equívocos significantes, as substâncias cicatrizantes
como a desóxirribonuclease
tudo seria diferente
e tudo nos seria indiferente



o chapéu é a chave
vai no topo do homem
o homem uma possibilidade
vai no coco do mundo
ninguém sabe do que é feito
o que está exatamente embaixo do nariz
nunca é visto
é preciso mais de sete mares
para enxergar uma obviedade



a vida é um chapéu azul na cabeça de alguém





incrustado na pedra bruta
um homem acredita ou aspira acreditar
em algo

dois olhos intactos
examinam as próprias dúvidas
fibra por fibra

sem a força do sol a manhã pálida ganha vida
nenhum movimento ou quase nenhum
revela o impasse a que se dedica

enquanto isso o leitor, essa ilusão
vira as páginas de um livro que nunca termina





e porque eu amava as canções do Caetano, e porque eu amava as canções, e porque eu amava,
e porque alguém me amou, esse poema (comentário meu)




dizer teu Mel
só com Outras palavras. 

tu és Muito. 
Meu bem, meu mal. 

Beleza pura que pega o Trem das cores 
e brilha à Luz do sol. 

Força estranha de Luz e estrela. 
Lua, lua, lua, lua, Love, love, love. 

Nu com minha música penso: 
Você é linda, Você é minha! 

faço uma Oração ao tempo. 
peço Sete mil vezes Samba e amor contigo. 

amada, Musa híbrida 
Não me arrependo de te amar. 

te quero Cá já 
Mimar você Na asa do vento. 


para Sandra 






Alexandre Brito


Seleta Esperta
Castelinho edições - Instante Estante


página de Alexandre Brito













0 comentários:

Postar um comentário